JCI lança novo lote do box “Raízes: Valorizando Histórias”

O projeto “Raízes: Valorizando Histórias” da JCI Joaçaba|Herval|Luzerna aproxima produtores artesanais e a comunidade local a partir de um box especial composto por 7 produtos coloniais, selecionados com exclusividade para a sua mesa. Além dos produtos, você ainda leva um brinde especial.

Após o sucesso de vendas do primeiro lote, esgotado em poucos dias, a organização disponibiliza um novo lote, com a mesma composição de produtos:

– Pingo de mel – 200g (Cia do Afeto)
– Salgadinho palito – 350g (Delícia Caseira)
– Pão de Berlim – 450g (Delícia Caseira)
– Queijo temperado – 350g (Queijos Belém)
– Salame – 350g (Morandi)
– Suco de uva – 500ml (Sítio São Pedro)
– Geleia de figo – 350g (Sítio São Pedro)

Aproveite para garantir seu box especial com os membros da organização, pelo telefone (49) 99962-4225 ou pela lojinha da JCI no App Aifome, ao custo de R$139,90. As entregas serão realizadas a partir do dia 3 de novembro, próxima quarta-feira.

A arrecadação proveniente das vendas contribui para a manutenção das atividades e projetos da JCI Joaçaba|Herval|Luzerna. Saiba mais em: https://jcijhl.org.br/raizes/

JCI Joaçaba/Herval/Luzerna apresenta novo Conselho Diretor 2022 e presidência 2023

 

A JCI Joaçaba, Herval d´Oeste, Luzerna, realizou no mês de outubro, a AGO – Assembleia Geral Ordinária e com isso a eleição do Conselho Diretor 2022, Conselho Fiscal, Diretoria de Patrimônio e a eleição de presidência de 2023 da Organização.

Confira quem são os membros:

Conselho Diretor 2022

Guilherme Salvador – Presidente 2022

Rafael Perotoni – Secretário

Marcos Pedro Bucco – Tesouraria

Thiago Cordeiro – Assessor Legal

Gabriela Schmitz Gugel Lenzi – Presidente 2023

Thiago Cordeiro, Rafael Perotoni, Guilherme Salvador, Gabriela Lenzi e Marcos Bucco

 

Conselho Fiscal 2022

Elis Cruz Dresch

Renan Margarida Hack

Marlise Mattos

Luana Lenzi

Renan Margarida Hack, Elis Dresch, Guilherme Salvador (PL22) e Marlise Mattos

 

 

Diretoria de Patrimônio 2022

Rodrigo Ferri

Bruna Camassari da Silva Margarida Hack


Bruna Camassari S.M. Hack, Guilherme Salvador (PL22) e Rodrigo Ferri

A JCI Joaçaba, Herval, Luzerna tem como um de seus objetivos expandir a organização para que mais jovens possam participar e abraçar o voluntariado, bem como dar continuidade a grandes projetos que causam impacto positivo nas comunidades.

JCI lança novo Projeto – “Raízes: Valorizando Histórias”

A JCI Joaçaba/Herval/Luzerna apresenta o Projeto Raízes com o propósito de resgatar o valor da produção artesanal e familiar, respeitando a tradição e identidade cultural da nossa região.

Ele foi pensado no pequeno produtor local, para unir os melhores sabores coloniais e artesanais da região em uma experiência exclusiva. Lançaremos um lote único com 100 caixas compostas por 7 produtos cuidadosamente selecionados, com qualidade e diferencial únicos e ainda um brinde exclusivo.

Início das Vendas partir do dia 13 de outubro ao custo de R$ 139,90 com membros da JCI, redes sociais da organização @jcijhl ou app Aiqfome.

Em caso de dúvidas fale, o telefone (49)99962-4225 está disponível.

Secretaria de Educação, JCI e Ministério Público realizam ação conjunta do Projeto Vidas

Um bate-papo sobre estratégias de enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes mediado pela Promotora da Vara da Infância e Juventude, Dra. Márcia Denise Kandler Bittencourt Massaro foi realizado no dia 17 de setembro de 2021 . Participaram desse encontro, aproximadamente 33 professores da Rede Municipal de Ensino de Joaçaba.

O evento aconteceu por meio de uma parceria entre a JCI e seu projeto VIDAS (Valorizar, Incentivar e Desenvolver Atitudes Sociais), Secretaria Municipal de Educação e Ministério Público.

“A JCI nos procurou para apresentar o Projeto “VIDAS” e juntamente com eles, organizamos esse bate-papo e convidamos os nossos professores para participarem desse evento, que teve como mediadora a Promotora da Vara da Infância e Juventude, Dra. Márcia Bittencourt Mazzaro. O Bate-papo foi de grande valia para os professores, já que eles têm contato constante com as crianças e adolescentes e por meio da observação do comportamento dessas crianças podem prevenir e denunciar o abuso e a exploração sexual”, falou a Secretária Municipal de Educação, Tânia Durigon.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Joaçaba